5 de janeiro de 2011

0

História do esmalte

Olá divas hoje eu contar um pouco sobre a história do esmate, então vamos lá...
A idéia de colorir as unhas é bem antiga. Estima-se que em 3000 antes de Cristo, os Chineses, Italianos e Japoneses já tinham esse costume.
Os chineses em particular, faziam uma mistura de vários ingredientes: clara de ovo, cera de abelha e até gelatina! Pétalas eram esmagadas e incluídas na mistura para obtenção de uma coloração rosada ou avermelhada.
Os antigos egípicios utilizavam henna de cor vermelho-amarronzada para colorir as unhas, essa mudança da coloração das unhas era sinal de opulência e riquesa.
Em 600 antes de Cristo, no tempo da dinastia Chou, já existiam cores específicas designadas às mulheres da realeza para separá-las das mulheres comuns. Inicialmente, a realeza usava dourado ou prateado mas, conforme o tempo foi passando, essas cores mudaram para preto e vermelho. Enquanto isso, a classe baixa tinha que se contentar com cores mais claras. Se pessoas que não fizessem parte da realeza fossem vistas usando as “cores reais”, elas seriam executadas!
Não está claro como o esmalte evoluiu depois da antiguidade, mas de acordo com um artigo publicado na “Nails Magazine” em 2007, no século 19 as unhas eram tratadas com óleos essecias vermelhos e polidas com tecidos de camurça. Um século mais tarde, algumas mulheres massageavam suas unhas com pós e cremes coloridos e então as poliam para deixá-las brilhantes. Durante esse periodo, as mulheres também usavam um esmalte transparente, que era aplicado com um pequeno pincel feito com pelo de camelo.
A criação do esmalte como o conhecemos, é atribuída a Michelle Menard nos anos 1920 e foi inspirada nas tintas para carros. O interesse pelo esmalte para unhas começa então a florescer e muitas estrelas de Hollywood eram vistas com frequência exibindo unhas bem vermelhas.
Desde então, foram criadas inúmeras outras cores de esmalte. Hoje em dia, as corem cobrem todo o espectro, do preto ao branco, do vermelho ao verde, passando por todas as cores intermediárias.
E é isso divas o que seria de nós se não tivessem inventado o esmalte nosso de cada dia?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja muito bem vindo(a)!

♥ Conte para mim o que você achou da postagem e do meu blog. Dê também seus palpites, sugestões e ideias.