11 de agosto de 2015

2

Os 10 maiores erros na hora de alisar o cabelo sozinha




1. Você precisa começar ainda no banho
Claro que nenhum xampu vai deixar o seu cabelo chapado sem a ajudinha do secador ou da chapinha, mas escolher o tipo certo já é um grande passo, pois é ele que prepara o cabelo pro processo de alisamento. Então opte pelas linhas frizz control e de proteção aos fios. “Tratar os cabelos com xampus e máscaras nutritivas é essencial para um excelente resultado de liso”, explica Jo.

2. O secador pode estar na direção erradaSeque o cabelo de cima para baixo, ou seja, da raiz até as pontas, sempre com o bico virado para baixo. Isso faz toda a diferença porque ajuda o cabelo a manter o formato. “A superfície dos fios são como as escamas do peixe. Devemos fazer todos os movimentos a favor da fibra, nunca ao contrário, para evitar o frizz.”

3. Cabelo úmido
Antes de tocar na chapinha certifique-se que seu cabelo esteja 100% seco. Nem pense em passar a prancha nos fios úmidos ou molhados!  Isso destrói o cabelo e deixa com um aspecto ressecado! É como se você estivesse “fritando” os fios. Se você ouvir aquele barulhinho de algo queimando e ver um vapor sair dos fios, pare tudo e avalie e situação!

4. Escova/chapinha errada
Secar o cabelo com escova ajuda a alisar os fios. As escovas mais eficientes são as de cerdas mistas (naturais e sintéticas). Sobre a chapinha, prefira as de cerâmica. Elas aquecem menos e deslizam com mais facilidade.

5. Temperatura muito alta
O poder de aquecimento das chapinhas está cada vez maior. Mas você, definitivamente, não precisa de uma dessas! Para manter o seu cabelo são e salvo, mantenha sempre a temperatura entre 180 e 200 graus no máximo, combinado? Caso a chapinha fique muito quente, desligue o aparelho e deixe esfriar um pouco, depois retome o processo. Lembre-se: quanto mais tempo você deixar a chapinha em contato com o seu cabelo maiores são as agressões aos fios e as chances dele queimar. Medo!

6. Protetor térmico
Eles formam uma espécie de camada protetora sobre os fios evitando as agressões do calor!! “Alem de ajudar no resultado liso sem muito esforço, o protetor térmico ajuda no equilíbrio do calor, reduzindo o prejuízo dos fios”. 

7. Você não está dividindo o cabelo em partes
Dividir o cabelo em partes facilita o processo! Se seu cabelo é fino divida ele em dois e se for mais grosso divida em quatro partes. Você vai economizar tempo! “Sempre trabalhar com mechas finas. Dividir todo o cabelo em mechas antes de começar o alisamento facilita o trabalho” Sem preguiça! Nada de pegar mechas grossas! 
 
8. Você está sendo repetitivaEvite passar a chapinha mais de 3 vezes na mesma mecha para não danificar tanto os fios!

9. Finalizador errado
Por serem a base de óleo, a maioria dos finalizadores pode deixar o cabelo superoleoso! Então não esqueça jamais: passe apenas nas pontas. “Os seruns são os mais indicados e alguns deles trazem a função de protetores térmicos também”.
 
10. Não esqueça do ar frio
“Finalizar o alisamento com um jato de ar frio por todo o cabelo garante que fixe mais o movimento dado e dê um caimento mais natural”.

7 de agosto de 2015

1

Como cuidar de cabelos vermelhos

Oi Divas tudo certim com vocês?
Essa semana pintei os cabelos de vermelhor, estou amando, mesmo que ainda não tenha chegado a cor desejada, o que dia 19 irei resolver, pois irei tintir novamente.
Confesso que não pensei no trabalho que teria, eu só sabia que queria o cabelo vermelho e pronto,rsrsrs.Depois fiquei me perguntado:Como vou cuidar deles?O que preciso fazer para mante-los lindo e brilhantes?
Pois é foi assim que surgiu esse post, vamos lá conferir:


Retoque a cada 15 dias nos dois primeiros meses
"O cabelo tingido de vermelho desbota bastante por ser uma pigmentação mais difícil de aderir ao fio", diz a colorista Marília Tambasco. O ideal é que os primeiros retoques sejam feitos em intervalos menores, ajudando na fixação da tintura. Após os dois primeiros meses, o retoque pode ser feito a cada 30 dias. 

Cuide das cutículas capilares

É muito fácil o cabelo ruivo ficar com uma aparência opaca, sem vida. Para reverter esse processo, a solução é uma reestruturação capilar que vai selar as cutículas, impedindo que o cabelo fique poroso e desbote a tinta com mais facilidade. Para fazer esse tratamento, no entanto, é necessário ter a ajuda de um profissional qualificado. Por isso, converse com o seu cabeleireiro e veja a melhor forma de fazer o tratamento. 

Proteja-o do sol

Para que o cabelo não desbote ou fique com aquela aparência "queimada" por conta dos raios solares, a colorista Marília Tambasco aconselha lavar os cabelos com água mineral e, depois, aplicar um produto específico para exposição ao sol. 

Faça hidratação a cada 15 dias

"A hidratação é muito importante, pois devolve a água para o cabelo e o deixa mais sedoso", diz a colorista Marília Tambasco. Para que o cabelo tenha sempre uma aparência saudável, o ideal é que a hidratação seja feita a cada 15 dias. 

Use produtos antioxidantes

Os xampus e condicionadores antioxidantes são aqueles específicos para cabelos tingidos e usá-los garante que a cor dure por mais tempo. "Também é importante usar um produto específico para o seu tipo de cabelo e de acordo com o que ele necessita, pois assim você mantém o fio tratado, brilhante e sedoso, em vez de pesado e opaco", aconselha Marília Tambasco. 

Use tonalizantes

O truque para que a cor dure mais é passar um tonalizante da mesma cor ou de uma cor próxima à tintura. Isso também faz com que a cor dure por mais tempo e o cabelo mantenha o brilho. Você também pode pingar um pouco da tintura em seu xampu, deixando-o com o mesmo tom do seu cabelo. O efeito fica mais natural e faz com que o tempo de retoque seja maior. 

Evite xampus de limpeza profunda

Os xampus de limpeza profunda aceleram o processo de desbotamento do fio. Por isso, o ideal é usá-lo somente próximo à data do retoque.  

5 de agosto de 2015

3

Escova de quiabo

Hoje em dia são inúmeras as possibilidades e produtos específicos para o alisamento dos cabelos. Escovas progressivas, inteligentes, com formol e sem formol, enfim, com tantas opções fica realmente difícil escolher qual você irá usar. Pensando nisso hoje iremos falar de uma novidade que promete bons resultados que é a Escova de Quiabo. Conheça-a agora mesmo e saiba se ela será boa para os seus cabelos.
Escova de Quiabo – Novo método de alisamento
Para compor os produtos de alisamento capilar, diversas substâncias são testadas e muitas delas são inteiramente naturais, como diversas frutas e plantas, porém a maior novidade e sensação do momento é a propriedade que o quiabo possui de alisar os cabelos.
Isto mesmo pode parecer invenção, mas há pouco tempo foi criada a escova de quiabo, que faz com que os seus cabelos fiquem extremamente hidratados, com vida e o melhor de tudo, lisos.



A escova de quiabo não possui formol e por isso é caracterizada como uma escova inteligente, porém ela possui carbocisteína, que é um produto que ajuda no alisamento.
Com os extratos e principais substâncias do quiabo ela age de forma rápida tento que ser deixada nos cabelos por apenas 25 minutos, um tempo menor do que as escovas normais.
Ela é muito indicada para os cabelos mais crespos e indisciplinados, podendo dar um ótimo resultado.
Por ser algo relativamente novo no mercado, não são muitas as marcas que estão disponibilizando esta progressiva, porém antes de ser feita, fique atenta no local que você escolheu para fazer o seu alisamento e se ela é realmente liberada pela ANVISA.